Rodrigo Caetano na bronca com a falha da arbitragem


 

A bisonha falha do auxiliar Rodrigo Castanheira, que não vi a bola entrar após chute de Douglas, na derrota do Vasco para o Flamengo, não foi bem digerida por Rodrigo Caetano. O diretor-executivo do time de São Januário não poupou críticas ao erro da arbitragem neste domingo.

Na opinião do dirigente vascaíno, foi uma falha lamentável:

– Falando em nome do clube, com nossa tristeza e decepção com o que ocorreu. Quero deixar claro que o Flamengo não tem nada a ver com isso. É um erro lamentável, que vai correr o mundo e manchar o campeonato. Um gol que poderia mudar a história do jogo. Como profissional, saio triste porque é muita gente no clube que depende dos resultados, técnico jogadores, diretoria… Nossa vida profissional depende disso. É decepcionante. O estádio viu, o Brasil viu, e isso traz consequências drásticas para um time. Se um erro como aquele consegue alterar nossa própria calma, de quem está assistindo, imagina os jogadores em campo.

No momento da cobrança de falta de Douglas, o auxiliar estava a cerca de quatro metros da bola, sem ninguém à sua frente. O que aumentou ainda mais o inconformismo do diretor do Vasco:

– Não tem como ele não ter visto. Aquela função ali (auxiliar atrás do gol) já é muito questionada. Deveria ser repensada de verdade agora. E representa custos também, porque é mais um árbitro que recebe, pago pelo clube, já que o dinheiro sai do borderô, da bilheteria.

– Na pré-temporada, levamos um profissional da comissão de arbitragem para uma palestra. E perguntamos a ele qual a maior função daquele assistente atrás do gol. E era exatamente isso, que essa era a principal função do auxiliar. Hoje caiu por terra essa justificativa.

Indignação à parte, Rodrigo Caetano descarta a possibilidade de o time fazer um protesto formal:

– O Vasco já fez tanta coisa quando se sentiu prejudicado (protestos formais na federação, por exemplo), e tudo sempre virou pó. Contamos com vocês (jornalistas) para ecoar nossa indignação nesse momento.

TIME DO VASCO ABALADO

– Não foi um erro de interpretação, que faz parte do futebol. Da forma como foi, a bola entrando do jeito que foi…Vai ser difícil chegar na segunda-feira, reunir os jogadores e falar para seguir em frente… Será difícil buscar motivação para jogar já na quarta-feira (contra o Bangu)

MOTIVO DO ERRO

– Não quero falar de má fé. Talvez falta de capacidade… Ou falta de coragem, né? Ele tomou a decisão de não assumir a responsabilidade para si. Faltou personalidade para o auxiliar. Acho que foi o que aconteceu.

Fonte: Extra

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠