Árbitro que não viu gol no clássico Vasco e Flamengo sofre xingamentos e ameaças de vascaínos


Na internet e nas ruas de Olaria, Zona Norte do Rio, Rodrigo Saraiva Castanheira sofre com a represália de vascaínos depois de não ter visto o gol marcado por Douglas no clássico contra o Flamengo, no domingo. De acordo com vizinhos do árbitro, um carro passou na rua onde Rodrigo mora xingando o também professor de educação física, depois do jogo.

Na internet, torcedores do Vasco publicaram o CPF de Rodrigo e pediram que a Força Jovem Vascaína (FJV) tomasse providências. Na opinião de Marcos Barbosa, 56 anos, comerciante, vizinho de Rodrigo, não houve má fé do árbitro no lance.

– Ele é um menino muito bom. Ele errou, como todos os árbitros erram, como as pessoas nas suas profissões erram. A educação que ele recebeu não foi para fazer nada de errado – afirmou.

 
Felipe vê a bola quicar dentro do gol na cobrança de falta de Douglas

Após o gol mal anulado no clássico pelo Campeonato Carioca, neste domingo, Rodrigo não segurou as lágrimas no vestiário do Maracanã depois do jogo. O árbitro auxiliar adicional estava a poucos metros do lance, mas não sinalizou que a falta cobrada por Douglas havia ultrapassado 33cm a linha do gol defendido por Felipe.

De acordo com o presidente da Comissão de Arbitragem do Estado do Rio, Jorge Rabello, Castanheira, ao tomar ciência do erro, ficou inconsolável.

– Não pude conversar com ele. Estava chorando, muito emocionado. Ele pediu desculpas aos companheiros, disse que não conseguiu ver a bola entrar, que não teve convicção. Depois falaram para ele das imagens e ele ficou profundamente emocionado. Só dei um abraço nele e disse para levantar a cabeça, Todo mundo erra. Infelizmente, ele errou, mas é um bom árbitro – destacou Rabello.

Fonte: Extra

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠