Parecer do Conselho Fiscal do Vasco também faz menção ao CT da base


 

O parecer do Conselho Fiscal – que será votado nesta terça-feira pelo Conselho Deliberativo – também faz menção, em seu sétimo ponto, a “irregularidades nos contratos referentes ao CT de Itaguaí”, local de treinamentos das divisões de base do clube. O Fiscal lembra que o contrato firmado em agosto de 2011 previa cessão gratuita da unidade por 24 meses. Porém, em 31 de janeiro de 2012, foi assinado um novo acordo, reconhecendo ao clube uma dívida de R$ 540 mil com a Vicençote Representações Profissionais Ltda. – que tem como dono o empresário e ex-jogador Pedrinho Vicençote –, sem ter sido encontrado nenhum termo de rescisão entre as partes.

O valor chegou a ser reduzido para R$ 420 mil, devido as benfeitorias feitas pelo clube no local, mas nada estava previsto no acordo inicial que justificasse este passivo. O documento lembra ainda um novo contrato de locação, assinado em 2 de janeiro de 2012, no qual o Vasco se compromete a pagar R$ 60 mil mensais pelo aluguel do centro de treinamento, sem nenhuma referência aos valores já utilizados nas reformas.

Fonte: LANCENET!

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠