Bernardo aprova seu posicionamento, elogia parceiros e espera repetir dança


Thalles e Bernardo comemoração Vasco contra Volta Redonda (Foto: Ernesto Carriço / Agência Estado)

Mais próximo do gol e com faro de artilheiro, Bernardo desfruta da boa fase no Vasco em uma nova função em 2014. De acordo com o esquema adotado por Adilson Batista, o camisa 31 virou efetivamente um atacante pela direita quando o time tem a posse de bola. Já são três gols em três partidas como titular na Taça Guanabara, o que deixa o meia leve e contente a ponto de não perder o sono com o entra e sai no setor ofensivo – ele mesmo só ganhou a posição recentemente.

– É o que temos treinado bem com o Adilson. Ele pede para eu me posicionar ali, para usar minha visão de jogo e ter uma leitura melhor. Isso está me ajudando a finalizar as jogadas e ajuda o Vasco a vencer os jogos. Estou fazendo o meu melhor, mas sempre pode existir mudanças no decorrer da semana. O Adilson pensa no melhor para cada jogo. Fiquei um período fora do time para trabalhar a questão física e poder entrar no meu melhor – afirmou.

Diante do Volta Redonda, na quarta-feira passada, o Vasco saiu de campo com os três pontos graças à parceria de Bernardo com Thalles, quando cada um fez seu gol e deu assistência para o do outro (veja no vídeo acima). No embalo da comemoração, saiu até uma dancinha para reforçar a amizade. O meia cruz-maltino elogiou muito o jovem atacante, que deve ficar no banco desta vez, já planeja uma nova coreografia se a rede balançar contra o Nova Iguaçu, neste domingo, às 17h (de Brasília), em Volta Redonda.

– Acho que é um trabalho que vem desde a pré-temporada e do ano passado também. Estou feliz de estar fazendo essa dupla com ele. Espero que a gente possa fazer grandes jogos esse ano. É um garoto sensacional, matador. Quero fazer muitas tabelas com ele e com o Edmílson – avisou, emendando depois: – Se tivermos chance, vai rolar uma dança, sim (risos).

Outro xodó da torcida, Montoya tem tudo para estar lado a lado com Bernardo pela primeira vez no Vasco desde o começo da partida. O trabalho tático deste sábado, em Pinheiral, indicou que ele deve entrar na vaga de Barbio. A dupla sequer trocou passes em 2013 por causa da lesão de um e, depois, pelo fato de que o colombiano não usado na reta final do Brasileiro.

– Ele é ágil, inteligente, ajuda muito no lado esquerdo. Caso o Adilson o coloque, vamos procurar fazer o nosso melhor – afirmou Bernardo, comedido, adotando respostas curtas.

Para o jogador, não é hora de fazer contas para chegar à liderança, porque o Cruz-Maltino ainda depende da derrota ou do empate do Flamengo no clássico contra o Fluminense, neste sábado. Mas lembra que o mais importante é que o grupo mostra sinais de concentração e evolução após os dois empates nas duas primeiras rodadas da competição.

– Estamos confiantes, sabendo lidar com a pressão. Já teve aqueles dois empates, os torcedores pegaram um pouco no pé, com razão, e soubemos lidar com isso. E fizemos por onde vencer nesses últimos jogos. Temos que nos preocupar só com a gente.

Fonte: GloboEsporte.com

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠