VP de Quadra e Salão: "A nossa luta é manter o máximo de esportes possíveis"


Tradicionalmente poliesportivo, o Vasco da Gama por um todo sofre com as dificuldades financeiras na qual atravessa atualmente. Tendo toda a receita sendo direcionada ao futebol, e mesmo assim não conseguindo o manter em alto rendimento, vide o rebaixamento no último Brasileirão, os demais esportes lutam diariamente para permanecerem vivos em meio ao caos.

Já que financeiramente não está sendo possível o investimento em outros esportes, estruturalmente a situação é tão difícil quanto. Com o ginásio interditado há alguns anos, o Vasco se desdobra para dividir diversas modalidades somente com as quadras externas, atrás do vestiário do futebol profissional e com o Ginásio do Forninho, que apesar de moderno, é pequeno e precisa de algumas adequações, principalmente para o basquete, que agora além de treinar, jogará integralmente no local nessa temporada.

Com os pés no chão, e sabendo da dificuldade de atrair investidores de fora, já que a falta de espaço para divulgação de marcas, tanto dentro do clube, quanto na mídia, o vice-presidente Ricardo Leon afirmou que a princípio, a maior luta na vice-presidência de Quadra e Salão do clube é manter os esportes já existentes, para que futuramente o Vasco possa conseguir atrair investidores e pensar mais alto.

– O clube está programado para manter o que já vinha fazendo, qualquer outra proposta que venha a acontecer, tem que ter um aporte financeiro vindo de fora. O clube mantém os esportes amadores por ordem de importância, imagem e para o futebol também. Essa é a verdade, não tem como colocar dinheiro no basquete, no vôlei, nem no futsal – explicou o dirigente.

Um dos esportes de sua gestão, o futsal que é o principal celeiro de atletas que seguem a jogar no futebol de campo do Vasco, Ricardo sabe da importância que é poder ao menos ter o básico no esporte, já que o futebol de salão é o que pode ser mais rentável ao clube, formando o jogador dentro de São Januário.

– No futsal a gente consegue ter uma comissão técnica melhor, já que o futsal revela jogador para o campo, isso é o que todo mundo sabe. A briga nossa toda aqui é tentar manter o máximo de esportes possíveis, que sempre foi a tradição do clube. A gente tem que respeitar primeiro a tradição, depois colocar dinheiro, nosso gosto pessoal era para todo mundo estar disputando e bem, mas o panorama infelizmente não dá – concluiu o vice-presidente.

Ao todo, quatro esportes são abrangidos pelo Departamento de Quadra e Salão: futsal, basquete, vôlei e futebol de 7.

Fonte:  CRVG – Em Todos os Esportes

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠