Indefinição de Juninho não preocupa Adilson: 'Nossa intenção é só ajudá-lo'


Juninho treino vasco (Foto: Edgard Maciel de Sa)

Juninho renovou seu contrato com o Vasco até 30 de maio de 2014. O novo compromisso já foi, inclusive, registrado na Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). Mas isso ainda não garante que o Reizinho vai voltar a vestir a camisa cruz-maltina. Recuperado de uma de uma grave lesão na coxa direita, o jogador ainda luta para recuperar a forma física. Em sua primeira entrevista no ano, ele revelou ter feito um acordo com a diretoria e lembrou que ainda pode se aposentar caso sinta que não vai conseguir atingir seu melhor condicionamento. A declaração do camisa 8, no entanto, não preocupou o técnico Adilson Batista.

– Quando o jogador vai chegando a uma certa idade fica mais complicado mesmo. Juninho é um ótimo profissional, sempre dedicado. Ele procurou se recuperar da lesão e voltou ao clube com um planejamento feito pela área médica, pela fisiologia, pela preparação física, para que a gente tome todos os cuidados possíveis. Qualquer atleta gosta de jogar, de contribuir, mas tudo tem limite. O importante é que está tudo esclarecido entre as partes. Nossa intenção é só ajudá-lo. Estamos observando tudo de perto e procurando fazer os trabalhos para que ele se solte cada vez mais, se condicione e tenha condições de jogar – resumiu o treinador.

Juninho não entra em campo desde o dia 10 de novembro, quando se machucou diante do Santos, em partida válida ainda pelo Campeonato Brasileiro de 2013. Durante a pré-temporada, o camisa 8 sofreu com os treinos físicos e chegou até a participar de um coletivo no time reserva, mas ainda está longe de seu melhor condicionamento. Segundo o departamento médico do clube, a previsão inicial é de que o apoiador precise de pelo menos 30 dias de treinos desde sua reapresentação (que aconteceu em 11 de janeiro) para ter condições de jogo.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠