Juninho não descarta assumir cargo futuramente no Lyon


 

Juninho ainda não sabe como será seu futuro com a camisa do Vasco. Recuperado de uma grave lesão na coxa direita, o apoiador luta para recuperar a forma e ajudar a equipe no Campeonato Carioca de 2014. A participação no Estadual, no entanto, ainda não está confirmada. Entre incertezas e dificuldades, uma coisa é certa para o Reizinho: o desejo de assumir futuramente um cargo no Lyon, clube pelo qual conquistou sete vezes o campeonato francês. No embalo do holandês Seedorf, que deixou o Botafogo para virar técnico do Milan, o Reizinho vê como uma ‘oportunidade interessante’ a chance de voltar à Europa após a aposentadoria e, principalmente, a Copa do Mundo.

– Posso sim seguir esse caminho. Não recebi um convite específico. Mas fui chamado para voltar sem uma função definida. Aproveito o assunto para parabenizar o Seedorf por sua vitoriosa carreira. Existe a possibilidade de eu voltar futuramente ao Lyon. Mas não é algo que eu queira agora. Como brasileiro, quero viver a Copa do Mundo de perto, quero participar de alguma forma. Não me sinto preparado agora para assumir uma função como a do Seedorf. No Milan, ele vai trabalhar com jogadores que jogaram com ele, como o Kaká. Vai ter também uma comissão técnica formada por ex-jogadores do Milan. Isso dá segurança. O Milan atravessa um momento difícil, mas fez uma escolha correta. O Lyon hoje está atrás do Milan na minha opinião. Está lutando para chegar lá. Pela ligação que tenho com o clube francês, se eu tiver a chance de começar uma nova vida com a estrutura que eu tinha por lá, seria interessante para mim – resumiu Juninho nesta quarta-feira em Pinheiral, palco da pré-temporada do Vasco.

Prestes a completar 39 anos no próximo dia 30, o apoiador se sente aliviado por estar próximo do fim da carreira. Mas não esconde que vai sentir falta do futebol.

– Dá um alívio no sentido de que vou poder ficar menos tempo fora de casa. Ao mesmo tempo, é bom se preparar para jogar, fazer o que você gosta. Seguir no Vasco é um privilégio para mim. O clube poderia ter dito obrigado, acabou. Mas me deram uma nova chance. Vejo como uma forma de gratidão do clube comigo. Fico grato por isso. Sofri uma lesão, o time foi rebaixado e agora tenho a chance de tentar reescrever o último capítulo da minha carreira – frisou.

Depois de acertar um novo compromisso até o dia 30 de abril, Juninho vai assinar com o Vasco nos próximos dias. Recuperado de uma grave lesão na coxa direita sofrida no dia 10 de novembro de 2013, o camisa 8 vem treinando quase sempre separado do grupo e, segundo o departamento médico do clube, deve ter condições de jogo em 30 dias. A delegação vascaína segue no CT João Havelange, em Pinheiral, até a próxima sexta-feira. No sábado, o time faz sua estreia no Campeonato Carioca contra o Boavista, às 19h30m (de Brasília), em São Januário.

Fonte: GloboEsporte.com

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠