Candidato à presidência viaja para Joinville para falar com torcedores presos


Depois de mais uma recusa da Justiça de Santa Catarina em revogar a prisão preventiva dos torcedores envolvidos na confusão em Joinville, durante a partida entre Vasco e Atlético-PR, o candidato à presidência do clube carioca, Roberto Monteiro, viaja nesta terça-feira para a cidade catarinense para prestar assistência aos vascaínos presos na penitenciária local.

O ex-vereador, que também é ex-presidente da torcida organizada Força Jovem Vasco, irá acompanhado de Wadih Damous, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ), para contratar advogados que possam fazer a defesa dos integrantes da organizada detidos.
No último dia 8 de dezembro, dezenas de torcedores de Atlético-PR e Vasco se envolveram em uma briga generalizada na Arena Joinville, durante o primeiro tempo da partida entre as equipes, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Quatro pessoas ficaram feridas e três torcedores vascaínos foram presos ainda no dia da confusão.
O atual presidente da FJV, Bruno Pereira Ribeiro, também conhecido como Bruno Fet, também está preso e está sob custódia em um presídio em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, antes de ser transferido para Joinville.

Fonte: Extra Online
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠