Laudo da OAS prevê reabertura do Engenhão apenas em 2015


Engenhão foi interditado pela prefeitura do Rio há quase dez meses

O futebol na cidade do Rio de Janeiro continuará sem alternativa ao Maracanã e São Januário até o próximo ano. Apesar de estar credenciado como campo de treinamentos para a Copa do Mundo de 2014 e já estar interditado há quase dez meses, o estádio do Engenhão seguirá fechado por mais, pelo menos, um ano, segundo previsão em laudo da OAS.

A empresa de engenharia prevê duas soluções para consertar a cobertura do estádio, que está em risco de desabar. Ambas teriam conclusão apenas em 2015, o que coloca em risco até mesmo o andamento do Campeoanto Carioca, que está marcado para ter início no próximo fim de semana.

O estádio vascaíno está vetado de receber clássicos por questões de segurança. E a Fifa pressiona contra a utilização do Maracanã para mais de quatro jogos por mês, de olho na preservação do gramado para os jogos do Mundial. Sem o Engenhão, as equipes da cidade terão que recorrer, novamente, a cidades vizinhas como Macaé e Volta Redonda para mandarem suas partidas.

O problema no Engenhão foi detectado em março de 2013. Um laudo apontou risco de queda da cobertura do estádio, que custou 380 milhões de reais para ser construído para o Pan-americano de 2007. Segundo o estudo, há risco de vida dos espectadores, já que a estrutura que segura a cobertura pode ceder se for atingida por ventos de mais de 65 km/h.

Para corrigir o problema, a OAS recomenda a colocação de um anel de compressão com aço especial para amarrar a estrutura atual ou a construção de uma nova estrutura para auxiliar a existente. As duas alternativas demorariam mais de um ano para serem concluídas.

Fonte: Placar

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠