Comentarista sugere Brasileirão com 22 times e pede atitude da CBF


A irregularidade de Flamengo e Portuguesa, que escalaram jogadores suspensos, na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, teve repercussão muito maior do que a esperada. Após Rubro-Negro e Lusa serem julgados e punidos com a perda de quatro pontos, o que fez com que o time paulista fosse rebaixado para a Série B no lugar do Fluminense, muito foi feito para que a situação fosse revertida. E o caso foi parar na Justiça Comum, com inquérito do Ministério Público de São Paulo, indiciando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Supremo Tribunal da Justiça Desportiva (STJD), que julgou as equipes. Além disso, um torcedor conseguiu liminar que obriga a Confederação a deixar o clube lusitano na Primeira Divisão.

Segundo o comentarista Marco Antônio Rodrigues, a briga na Justiça é infindável e seria negativa para o futebol brasileiro e para o Brasileirão. Para ele, a CBF deveria assumir a liderança do caso e tomar uma atitude que acabasse com as reviravoltas jurídicas, e sugere uma competição nacional com 22 times, com Fluminense e Portuguesa na Série A.

 – O imbróglio jurídico instalado é tão grande, tão complexo, que fica infindável. A briga na justiça não tem fim, pode demorar dez anos. A CBF tem um prazo até fevereiro para definir como será o campeonato e tem que tomar uma atitude esportiva, com o campeonato com 22 times, por exemplo. Se ficar com essa briga na justiça – entra liminar, caça liminar – e se o campeonato não acontecer, ficará muito tumultuado, e quem perde é o futebol brasileiro, que aliás já está perdendo. Precisará chamar os clubes e ter uma decisão de bom senso, para não dar nova briga. O que falta é liderança política para tomar uma decisão e deixar todos unidos e firmes nessa decisão – disse.

Pelo lado da Portuguesa, o clube foi punido pela escalação irregular de Héverton em jogo contra o Grêmio, na última partida da competição, no dia 8 de dezembro, no Canindé. Já o Flamengo atuou com André Santos suspenso em jogo contra o Cruzeiro, também na última rodada, no Maracanã. Com a perda de quatro pontos, o Rubro-Negro terminou a competição na 16ª posição, com 44 pontos, e só não foi rebaixado à Seguda Divisão porque a Lusa também foi condenada e terminou o campeonato em 17º lugar.

Fonte: GloboEsporte.com
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠