Quatro semanas e o Fla na rota: volta de Juninho aos campos é projetada


juninho Pernambucano vasco treino Pinheiral (Foto: Raphael Zarko)

Após dias de indefinição por conta da análise detalhada dos exames, Juninho já tem uma data estimada para a voltar a vestir a camisa do Vasco. O diretor do departamento médico, Clóvis Munhoz, deu entrevista coletiva em Pinheiral, mostrou-se satisfeito com a recuperação física do veterano e indicou mais quatro semanas de preparação para ele estar à disposição do técnico Adilson Batista. O jogador, portanto, deve jogar novamente contra o Nova Iguaçu, na sétima rodada do Carioca, dia 9 de fevereiro, ou na partida seguinte, justamente o clássico contra o arquirrival Flamengo, dia 16.

Clóvis lembrou que no dia 9 completou-se dois meses da grave lesão no adutor da coxa direita do meia e que a ressonância magnética apontou melhora considerável do quadro clínico de Juninho. O meia cumpriu rotina de exercícios, com corrida e musculação durante as férias, e se apresentou em boas condições na pré-temporada do Vasco, mas ainda não perto dos 100%.

– Juninho se apresentou em condições razoavelmente boas em termos musculares e físicos. Ele vai passar ainda por um período de reorganização da região afetada, mas basicamente já está aos cuidados da preparação física, complementando com fisioterapia. A gente acredita que em torno de quatro semanas ele tenha condições de jogo. Não quero precisar a rodada, mas esse tempo de 30 dias desde o início da reapresentação dele é o período que foi colocado como consenso entre todos nós do departamento de futebol do clube – disse o médico.

No treino desta manhã em Pinheiral, local da pré-temporada, Juninho matou um pouco da saudade da bola, depois de cumprir exercícios físicos e ficar na academia com Aranda e Bernardo. O Reizinho brincou com outros jogadores e mostrou desenvoltura no trabalho.

Além dele, estão sob os cuidados especiais da preparação física o próprio Bernardo, que passou seis meses da temporada passada em recuperação de uma operação no joelho, e Dakson, que também sofreu lesão muscular na reta final do Brasileirão e agora retoma os treinos aos poucos. Nomes como Pedro Ken, Everton Costa e Diego Renan, que chegou na noite de sexta-feira, também perderam os primeiros dias e correm para finalizar os testes físicos preliminares.

Fonte: GloboEsporte.com
Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠