CBF vai pedir afastamento de promotor do 'caso Portuguesa', diz jornal


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), através de seu diretor jurídico Carlos Eugênio Lopes, vai pedir o afastamento do promotor Roberto Senise Lisboa do inquérito aberto no Ministério Público para investigar irregularidades no julgamento da Portuguesa no STJD. A informação é do jornal ‘Folha de S. Paulo’.

Segundo a publicação, o diretor da entidade máxima do futebol brasileiro encaminhará duas representações, uma ao procurador-geral do Ministério Público de São Paulo, outra ao Conselho Nacional do Ministério Público. Ambas pedindo o afastamento de Senise por ter “prejulgado o caso” e “cometido ameaças”.

Na quarta-feira, Senise anunciou a abertura de um inquérito contra a CBF e o STJD, investigando possíveis irregularidades no processo que tirou quatro pontos da Portuguesa no Campeonato Brasileiro de 2013 – culminando com o rebaixamento da equipe. Segundo ele, há “indícios de falha” no julgamento, e a pontuação deveria ser devolvida.

À ‘Folha’, Senise comentou a posição da CBF em relação a seu afastamento e se disse tranquilo. “Eu apenas disse que há fortes indícios de que houve falha no julgamento. Se eu tivesse prejulgado, não teria dado prazo de dez dias para a CBF se manifestar. O Carlos Eugênio Lopes é bem preparado. Se achar que deve pedir meu afastamento, o fará. Mas sei que não desviei minha conduta.”

Fonte: ESPN

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠