Acácio e Carlos Germano exaltam Martin Silva e relembram Andrada


Em sua história, o Vasco já teve 40 jogadores estrangeiros e alguns deles chegaram de países como Nigéria, Estados Unidos e Tunísia. Porém, entre eles, apenas três ocuparam a meta cruz-maltina. Nomes como o do paraguaio Victor González, do montenegrino Tadic e o principal deles, o argentino Andrada.

Com a chegada de Martin Silva, o uruguaio passa a ser o quarto estrangeiro a ter a oportunidade de usar a camisa 1 vascaína. O goleiro, que foi o destaque do Olímpia na Libertadores de 2013, e acabou sendo eleito o melhor goleiro da América no último ano, chega com a dura missão de resolver o problema da posição no Vasco.

Para fazer sucesso e seguir os passos de quem fez história, Martin Silva deve usar Andrada como espelho para tentar seguir os passos de quem já alcançou o status de ídolo, como fez o argentino.

– Na minha opinião, ele não deve jamais tentar secompararao Andrada, pois esse foi único, mas pode fazer um bom papel no Vasco. Ele deve usá-lo como referência – declarou o ex-goleiro Acácio, que vestiu a camisa vascaína por mais de nove anos.

Já preparador de goleiros Carlos Germano, torce pelo sucessodo novo comandado, mas sabe que superar Andrada é uma tarefa difícil.

– Se mantiver o nível terá vida longa no clube. O Andrada fez a sua história e é difícil alcançar. Ele tinha uma jogada ensaiadade reposição de bola com o Dinamite que era muito boa – recordou Germano.

Martin Silva agora está com a bola em suas mãos para tentar se igualar aos grandes goleiros que o Vasco já teve, como Barbosa, Andrada, Mazaropi, Acácio, Carlos Germano e Helton, e começará este ano a escrever seu nome na história como mais um jogador do Vasco que pode estar em uma Copa do Mundo – ele jogou a Copa das Confederações de 2013 – já que o último a alcançar esse feito, foi o próprio Germano, em 1998, na França.

Com a palavra

Acácio

EX-GOLEIRO E lDOLO DO VASCO

Um goleiro para fazer jus a história do clube

O Vasco precisava de um goleiro qualificado, que fizesse jus a história do clube, pois sofreu muito com isso em 2013 e não poderia repetir. Além da chegada do Martin Silva, subiu também um talento extraordinário que é o Jordi e o Martin será um espelho para ele. Ele é diferente, acredito que dará frutos ao Vasco. A experiência que adquiriu na seleção uruguaia será fundamental. Ele se mostrou em 2013 estar credenciado para dar conta do recado. Não foi escolhido o melhordas américasà toa.

Bate-Bola

Carlos Germano

PREPARADOR DE GOLEIROS DO VASCO

-1- O que é preciso para Martin Silva ganhar o carinho do vascaíno?

Só o nome em si já o credencia. Mas é preciso trazer tranquilidade para este torcedor e tenho certeza que ele não terá dificuldades para isso. Ele vem de uma boa escola, que é a uruguaia. Acredito que será bem aceito pelo nossa torcida.

-2- Será preciso algum trabalho especial para a adaptação dele?

Vamos conversar com ele para ver a forma que trabalha. Às vezes, ele pode passar algo que nos ajudará muito. Fiz cursos e observações na Itália e Inglaterra antes de assumir esse cargo e isso ajudará. É um tipo de trabalho que não tem mistério.

-3- O fato de ter se destacado em 2013, o ajuda a chegar com moral?

A tendência é que repita tudo que fez em 2013. É bom lembrar que a vinda para o Vasco é benéfica para ele. O Vasco é uma vitrine. Ele vai jogar no país da Copa, já largará em vantagem para a competição.

Fonte: Lance

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook
Seja Sócio Gigante. Confira os novos planos!

✠ ✠ ✠ Escreva um comentário ✠ ✠ ✠