Vontade de Andrés Ríos é seguir no Vasco

Rio – Com contrato válido até 22 de junho, o argentino Andrés Ríos é um raro exemplo de regularidade no delicado momento que o Vasco atravessa, dentro e fora de campo. Com o futuro incerto, o atacante, vice-artilheiro da equipe em 2018 com oito gols, reiterou o desejo de permanecer na Colina.

“Falei com meu empresário e passamos para o (Paulo) Pelaipe (diretor de futebol do Vasco) que eu tenho vontade de ficar, e ele disse que o clube também. Não tenho certeza agora se vai acontecer, mas vou fazer meu melhor e pensar nisso mais pra frente”, disse o argentino.

Apesar do desejo mútuo, a renovação do contrato de Ríos esbarra em dívidas de 2017. A diretoria do Vasco colocou em dia o pagamento de salários e direito de imagem deste ano, mas ainda tem pendências com o argentino e o restante do grupo, referentes ao ano passado.

Bastidores da política

O empresário do atacante se recusa a abrir negociação até o pagamento de todos os atrasados. O Vasco acertou parte da dívida com o dinheiro da venda de Paulinho para o Bayer Leverkusen, da Alemanha, e busca recursos para deixar as contas em dia.

Na tensa reunião do Conselho Deliberativo, na Lagoa, foi decidido, por 98 a 94 votos, não abrir processo de sindicância contra o presidente Alexandre Campello. O clima esquentou entre Julio Brant e Eurico Miranda.

Fonte: O Dia

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook