Vasco quer, em breve, ter 1/3 do elenco formado por jogadores da base

Passando por uma situação financeira conturbada, a utilização das categorias de base é vista como uma saída pela diretoria do Vasco para a montagem do elenco desta e das próximas temporadas. Atualmente, no time titular, estão o zagueiro Ricardo, o lateral-esquerdo Henrique, o meia Evander e o atacante Paulinho, fora alguns outros nomes que constantemente são utilizados pelo técnico Zé Ricardo.

Vice-presidente de futebol do Cruz-Maltino, Fred Lopes salientou que a direção vem trabalhando para que a base possa ser ainda mais explorada no profissional e, em breve, corresponda a 1/3 do elenco.

– O Vasco, hoje, passa por um momento delicado, que precisa da base. Então, esse é o nosso foco. A ideia é de que 1/3 do nosso elenco seja formado por jogadores criados no clube. Para isso, precisa de um trabalho estrutura – disse ele, que completou:

– Trouxemos o Carlos Brazil para diretor da base, que vai continuar esse processo de estruturação e de trazer novos talentos também. Estamos fazendo um esforço muito grande na estrutura do futebol para que a base seja, realmente, nossa menina dos olhos. Esses meninos têm muita qualidade, precisam só de confiança e jogar. E é o que estamos fazendo. A mescla é fundamental, mas nosso elenco é qualificado.

O presidente Alexandre Campello afirmou que o técnico Zé Ricardo tem conversado bastante com a diretoria para que a montagem do grupo seja feita da melhor maneira possível, aliando todas as necessidades.

– Temos conversado muito com a comissão técnica. O Zé Ricardo tem sido um parceiro muito grande e temos trabalhado para manter um elenco competitivo, dentro das possibilidades do Vasco. Mas não vamos abrir mão de montar uma equipe que represente o clube à altura. A vinda do Giovanni Augusto é para atender uma solicitação de Zé Ricardo e vamos estar atento ao mercado – afirmou.

Convite a Nelson Sargento

A madrugada de domingo, em um camarote na Marquês de Sapucaí, houve um encontro entre Campello, Fred Lopes e o famoso vascaíno Nelson Sargento. Os dirigentes cruz-maltinos convidaram o sambista, de 93 anos, a assistir à partida entre Vasco e Jorge Wilstermann em São Januário, nesta quarta-feira, válido pela terceira fase da Copa Libertadores.

– Para mim, que estou assumindo a presidência do Vasco, é muito bacana isso. Tenho como propósito abrir o clube para os ídolos, sócios e torcedores, e fiz um convite para que ele assista ao jogo da próxima quarta-feira, contra o Jorge Wilsterman, pela Libertadores. Será um prazer enorme recebê-lo em São Januário – garantiu.

Na última quarta, no duelo entre Vasco e Universidad Concepción (CHI), o ex-jogador e presidente Roberto Dinamite esteve na Colina e assistiu à partida na sala da presidência, ao lado de outros jogadores que marcaram época no clube, como Carlos Germano, Donizete, Sorato e Leandro Ávila.

Fonte: Lance!

 

=== Escreva seu comentário ===

Participe do nosso grupo de debates no facebook
Curta nossa fan page no facebook