Vasco tira diferença de 15 pontos, vence Joinville e se reabilita no NBB

Vasco se reabilitou no NBB após perder clássico para o Flamengo (Foto: Thiago Moreira/Vasco)

O cenário parecia trágico. Vivendo uma crise interna com atraso de salários e saída de jogadores, o Vasco foi o Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC), enfrentar o Joinville e levou um verdadeiro passeio no primeiro quarto. A partir do segundo quarto, porém, os vascaínos se encontratam em quadra, tiraram uma diferença de 15 pontos e partiram para uma acachapante vitória por 94 a 74. O triunfo faz o Vasco pular da 11ª para a 10ª posição do NBB com quatro vitórias em onze jogos. O próximo compromisso da equipe comandada por André Barbosa é contra o Caxias do Sul, quarta-feira, às 20h05, na Serra Gaúcha.

Com 17 pontos cada, os vascaínos Guilherme Giovannoni e Gustavo dividiram o status de cestinha da partida. Lucas Mariano (15 pontos) e Bruninho (14) foram outros jogadores de atuação destacada. Pelo lado do Joinville, Johnson fez 13 pontos, um a mais que o companheiro Bambu. O time catarinense segue em 13º, fora da zona de classificação ao playoff.

O Vasco começou o jogo com uma postura apática. Com pouco mais de um minuto jogado, o Joinville já vencia por 5 a 0 com direito a cesta de três de Vezaro. Gustavo ainda marcou os dois primeiros pontos do time da Colina, mas os catarinenses seguiram dando um passeio. Quando o rival abriu 10 a 2, o técnico André Barbosa parou o jogo pela primeira vez. O Vasco só foi entrar no jogo após uma bola certeira de três de Lucas Mariano – 13 a 7. Só que o ataque joinvilense seguiu deitando e rolando em cima da defesa vascaína. Com uma sequência avassaladora de pontos, o time da casa foi para o segundo quarto vencendo por 29 a 14.

Guilherme Giovannoni abriu o placar do segundo período, mas Socas respondeu com uma cesta de três para o Joinville, que seguiu mandando na partida. O time catarinense manteve os 15 pontos de frente até Dedé e Renato pontuarem em sequência, dando esperanças ao Vasco. Só que o time da casa seguiu com a mão calibrada. A 5min55s do fim, Vezarinho acertou mais uma de três, fazendo 37 a 25.

O Cruz-maltino não se entregou a foi buscar a reação. Após duas cestas de três de Lucas Mariano, o time do Rio encostou no placar, jogando pressão no rival. A 1min31s do intervalo, Giovannoni acertou uma de três, fazendo 45 a 45. A oito segundos do término, Bruninho definiu o placar parcial em 50 a 47 para os visitantes. Era a virada do Vasco.

Após cestas de três de Hayes e Gustavo, o Vasco disparou no placar no terceiro quarto, fazendo 62 a 52. Vendo o rival dominar amplamente as ações, o técnico joinvilense George Rodrigues parou o jogo aos três minutos. Não adiantou muito, pois o Cruz-maltino seguiu soberano. A 2min39s do fim do quarto, Dedé acertou mais uma de três, virando cestinha do jogo com 14 pontos – Johnson tinha 13 naquele momento.

Mesmo com a vitória bem encaminhada, o Vasco seguiu ofensivo no último quarto. O período começou com uma cravada de Lucas Mariano. Pouco depois, Guilherme Giovannoni acertou mais uma bola de três, a 12ª do Cruz-maltino na partida – 79 a 63. Nos minutos finais, quem puxou o jogo para si foi Gustavo. Preciso tanto nas bolas de dois como nas bolas de três, ele tornou-se cestinha da partida ao lado de Giovannoni, ambos com 17 pontos. Sorte do Vasco, que definiu a vitória em 94 a 74.

Joinville: F. Vezaro, A. Bambu, Maxwell, Johnson e J. Socas. Entraram: Colimerio, Tiagão, Weihermann, Vezarinho e Jerônimo. Técnico: George Rodrigues

Vasco: Bruninho, Gustavo, Lucas Mariano, Guilherme Giovannoni e Hayes. Entraram: Renato, Dedé. Técnico: André Barbosa.

Fonte: GloboEsporte.com

== Escreva um comentário ==

Cartola FC: Liga Oficial Vascaínos Unidos
Participe: Grupo de Debates no Facebook
Curta: Fan Page VU no Facebook