Renovações, dispensas e empréstimos: uma projeção sem reforços do Vasco para 2018

O Vasco começou seu planejamento para 2018. Com a Libertadores no radar, competição que o Cruz-Maltino conseguiu a classificação após ficar em sétimo no Campeonato Brasileiro, com 56 pontos, a diretoria já movimenta dispensas e renovações com os atletas do elenco de 2017. Confira as situações: ​

FORA DOS PLANOS: 

Jordi – O goleiro foi emprestado para o Tractor, do Irã.
​Lucas Rocha – Vai retornar ao Boavista, após ter sido pouco aproveitado no Vasco.
​Rafael Marques – A idade pesa, e o Vasco busca rejuvenescer o elenco.
Jomar – Baixo rendimento e alguns problemas comportamentais. Deve ser emprestado.
​​Éder Luis – Já era cotado para sair em 2017, mas com o novo planejamento, acabou perdendo espaço de vez.

Manga Escobar – Problemas disciplinares e falta de comprometimento, apesar de ter sido decisivo em algumas partidas, acabaram com a passagem do jogador pelo Vasco.

Thalles –  Polêmicas fora de campo, peso excessivo e falta de comprometimento acabaram com a paciência da diretoria, que colocará o jogador no mercado.

thalles

NÃO DEVEM CONTINUAR: 

Paulão – O zagueiro ganha cerca de 300 mil reais, e o Internacional paga a maior parte. Reserva, o Vasco também não tem condições de arcar com este valor, e por isso o atleta não deve seguir em São Januário.
​​Gilberto – Zé Ricardo gosta, mas não é visto como prioridade e tem uma negociação muito difícil para renovar seu empréstimo, já que pertence à Fiorentina.

Jean – Pertence ao Corinthians e, no time paulista, é visto como boa peça para compor elenco. Apesar da identificação grande com o Vasco, a permanência é complicada. Chances bem pequenas.

DEVEM CONTINUAR: 

Ramon – O lateral tem uma cláusula de renovação de dois anos e que já está praticamente certa de ser ativada. Agradou muito em seu retorno.

Breno – Terá contrato finalizado com o São Paulo no dia 31 de dezembro. Desta forma, o Cruz-Maltino já conversou e quer acertar um contrato de, pelo menos, três anos com o defensor.

Wellington – O São Paulo não conta com o volante. Porém, quer que o novo empréstimo tenha o Vasco pagando a maior parte do salário, o que não acontece hoje. De qualquer forma, Zé Ricardo conta com o jogador, que já demonstrou vontade de seguir no Cruz-Maltino. Só questão de acertar detalhes.

Marcelo Mattos –  Atolado por lesões, a renovação do jogador é protegida por lei. O Vasco tem que continuar com o atleta, que está em fase final de recuperação de uma algumas cirurgias no joelho. Ele só sai se quiser.

Kelvin – Só não fica se o Porto, dono dos direitos do jogador, não quiser. Conta com a confiança de Zé Ricardo e também é protegido por lei por conta da lesão sofrida.

Breno e Ramon

FUTURO INDEFINIDO: 

lf9

Luis Fabiano –  Está nos planos para 2018. Porém, vai se reunir com a diretoria para acertar alguns “pontos” e também externar se quer continuar. Atualmente, as chances de permanência é de 50%. Tudo depende da conversa entre as partes, que deve acontecer até o fim do ano.

 

A princípio, essa é PROJEÇÃO do elenco do Vasco para 2018: 

  • Goleiros: Martín Silva, Gabriel Félix e João Pedro;
  • Laterais: Madson, Yago Pikachu, Ramon, Alan Cardoso e Henrique;
  • Zagueiros: Anderson Martins, Breno e Ricardo Graça;
  • Volantes: M. Mattos, Wellington, Bruno Paulista, Bruno Cosendey, Andrey e Evander;
  • Meias: Wagner, Guilherme Costa, Escudero, Nenê e Mateus Vital;
  • Atacantes: Paulo Vitor, Andrés Ríos, Paulinho, Caio Monteiro, Kelvin e Luis Fabiano (?).
  • Técnico: Zé Ricardo

Fonte: Esporte Interativo

Participe do nosso grupo de debates no facebook
Curta nossa fan page no facebook