Andrés Ríos valoriza experiência de atuar com São Januário lotado

Tarde ensolarada, jogo decisivo e casa cheia! Se tratava de mais um dia normal para os mais de 17 mil torcedores que foram torcer pelo Vasco da Gama no último domingo (12/11) em São Januário. Para um jogador, entretanto, a incrível atmosfera da Colina Histórica era uma novidade. Contratado em julho, Andrés Ríos jamais havia atuado no Caldeirão com aquele ambiente.

Ao pisar no gramado e ouvir as arquibancadas entoarem com o orgulho a música “Camisas Negras”, que resume em poucas palavras a história de glórias, lutas e vitórias do time vascaíno, o argentino percebeu que o duelo contra o São Paulo o faria viver uma nova experiência, bem diferente daquelas contra Grêmio e Chapecoense, quando o Vasco até jogou em São Januário, mas com portões fechados.

– A torcida fez uma grande festa. Foi bonita a primeira experiência de jogar em São Januário com torcida. Minha família veio ao estádio para presenciar o jogo e também ficou bastante impressionada, estavam muito felizes. Esperávamos conseguir a vitória, os três pontos, se tratava de uma partida especial. Conseguimos fazer no segundo tempo o que treinamos durante a semana, mas acabamos saindo com o empate – disse o atacante.

Com dois gols marcados em 13 jogos disputados, Andrés Ríos terá mais uma oportunidade de atuar na Colina na quarta-feira (15), às 21h45, contra o Atlético Mineiro. Embora reconheça a força do Galo, um adversário direto na briga por uma vaga na Taça Libertadores, o argentino espera que o Cruzmaltino faça valer o mando de campo. O camisa 9 quer balançar as redes e fazer o Caldeirão ferver.

– Nosso último jogo terminou empatado, mas com sabor pela maneira e pelo jeito que nos comportamos em campo. Agora temos que pensar para frente. Vamos jogar em casa de novo e não podemos deixar a vitória escapar dessa vez. Vou procurar ajudar o grupo da melhor maneira, espero fazer os gols, pois nossa equipe necessita disso. Precisamos conquistar os três pontos – declarou Andrés Ríos.

O Vasco mede forças com o Atlético Mineiro de olho numa vaga no almejado G7. Na oitava colocação com 49 pontos, o Cruzmaltino pode terminar a rodada duas posições acima, em sexto lugar. Para isso acontecer, além de vencer o Galo, Gigante da Colina precisa torcer por tropeços do Botafogo e do Flamengo. O Alvinegro recebe o Atlético Goianiense no Nilton Santos, enquanto o Rubro-Negro encara o Coritiba no Couto Pereira.

Fonte:
VASCO.com.br

Participe do nosso grupo de debates no facebook
Curta nossa fan page no facebook