Rodrigo é denunciado por agressão e pode pegar 12 jogos por empurrões em Milton

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) formalizou a denúncia contra o zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta. Pelos empurrões no técnico do Vasco, Milton Mendes, após o empate por 0 a 0 entre os times no último domingo, o jogador foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), nos termos de agressão física, e pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão.

A pena ainda corre o risco de aumentar se o auditor responsável pelo processo entender que, da agressão, resultou “lesão corporal grave, atestada por laudo médico”, como diz o parágrafo dois do artigo. Neste caso, o gancho iria de oito até 24 partidas. A aplicação desse item vai depender das provas à disposição. Milton Mendes chegou a fazer exame de corpo e delito, que, segundo a assessoria do técnico, constatou uma lesão no pé.

Como Rodrigo é reincidente, uma vez que recentemente foi suspenso por quatro jogos (a pena acabou reduzida para dois) por desrespeito a membros da equipe da arbitragem e também agressão física na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, em Campinas, o departamento jurídico da Macaca terá dificuldade para aliviar a pena desta vez.

Empurrão do zagueiro da Ponte no treinador do Vasco (Foto: infoesporte)

Empurrão do zagueiro da Ponte no treinador do Vasco (Foto: infoesporte)

Pelo acúmulo de três cartões amarelos, Rodrigo desfalca a Ponte nesta quarta-feira, contra o Fluminense, às 20h, no Majestoso. Depois, ficará à disposição de Gilson Kleina até a data de julgamento, ainda indefinida, pois o edital de convocação precisa ser publicado.

Fonte: GloboEsporte.com

Participe do nosso grupo de debates no facebook
Curta nossa fan page no facebook