Milton sai em defesa de Eurico após protestos da torcida: ‘Acho injusto’

As novas brigas nas arquibancadas de São Januário durante um jogo do Vasco deixaram o técnico Milton Mendes triste. No meio do apagão de 27 minutos no primeiro tempo na vitória sobre o Avaí na noite do último sábado, as confusões foram vistas em meio a um completo coro contra o presidente Eurico Miranda. O comandante falou sobre o caso, classificando-o como lamentável. Ele ainda afirmou ver o ato de protesto como injusto.

– Estamos muito felizes com nosso torcedor. Vimos que no nosso momento de dificuldade eles apoiaram. Soube que teve confusão. Mas nosso presidente trabalha muito, luta muito, dá a vida pelo Vasco. Acho injusto. Não estou aqui para bajular. Vasco tem que se unir, ser um só. Senão o clube fica enfraquecido. É lamentável – afirmou o treinador em entrevista coletiva antes de elogiar seus jogadores:

– No futebol moderno, não dá para um defender e os outros não. Todos estavam trabalhando, até o Luis. O Nenê retornou porque entendeu isso. Está sendo um craque disciplinado taticamente, muito mais valorizado. Muito feliz com ele e com Pikachu. Mateus também fez um bom trabalho. Douglas bem, Luis Fabiano protegeu muito bem a bola… Wellington entrou bem, laterais, zaga, goleiro…

O Vasco folga neste domingo. A reapresentação está marcada para a manhã de segunda-feira em São Januário. O próximo compromisso do Cruz-Maltino é na quarta-feira, em clássico com o Botafogo, às 21h, no Nilton Santos.

Fonte: LANCENET!

Participe do nosso grupo de debates no facebook
Curta nossa fan page no facebook