Coro contra Eurico, correria, tiros de borracha e spray de pimenta: as confusões de Vasco x Avaí na Colina

Mais uma vez São Januário foi alvo de confusões. Após as ocorrências na derrota do Vasco para o Corinthians na semana retrasada, mais polêmicas movimentaram durante um apagão de 27 minutos que paralisou o primeiro tempo de Vasco x Avaí na noite deste sábado pelo Campeonato Brasileiro. Coro unânime contra o presidente Eurico Miranda, correria nas arquibancadas, e a necessidade dos policiais militares utilizarem de tiros de borracha e spray de pimenta para os ânimos serem acalmados. Após a partida, que terminou com vitória do Vasco por 1 a 0, o Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) informou que apenas um foi detido por porte de maconha e liberado após o pagamento de multa de R$ 300 – em duas parcelas de R$ 150.

Fonte: Lancenet!